Mensagens

A mostrar mensagens de 2012

Venha lá esse 2013...

Imagem
Com pouco tempo para "blogar", mesmo assim não podia despedir-me de 2012 com um post.  Em jeito de resumo e cada vez mais descontente com o que nos rodeia, decidi falar sobre 2012 e o que espero de 2013, antes porem, e tratando-se de um blog de um escorpião deixo aqui uma frase que explica muito bem o porquê do que vou dizer a seguir : "Ora santo ora demónio, o Escorpião vive enfeitiçado pelos limites, entre o destruir e o renovar, entre o fogo e as cinzas, entre a morte e a vida"(retirado da pagina : http://astral.sapo.pt/astrologia/signos/caracteristicas/escorpiao-900942.html) Durante o ano 2012 deu para perceber que Portugal tinha mesmo batido no fundo. Como já tive oportunidade de o dizer, tivemos quem nos levasse para o abismo e não temos que de lá nos resgate. Esta minha perspectiva pessimista da politica de Portugal e dos políticos portugueses acentuou-se para mim nos últimos meses do ano...vejamos alguns exemplos: Assistimos à sugestão do líder da oposição …

Treinadores de bancada

Imagem
Estou farto de ver nos últimos dias na televisão tantos "treinadores de bancada".
A manifestação de sábado contra a situação em que o país de encontra no meu entender teve de tudo....mas  vou ressalvar o que de muito positivo se viu. Começando pela forma ordeira como no geral ocorreram, e também a forma espontânea como a maior parte das pessoas aderiu, sem partidos com aguilhão a "picar por trás" , e sem manifestantes "profissionais" como tantas vezes se vê por exemplo em frente ás fábricas. Por outro lado a forma como as pessoas se expressavam quando interpeladas, mostrava bem o que lhes ia na alma, o seu desanimo, o seu desespero, o seu verdadeiro sentido de revolta pelo estado em que o país de encontra. Para mim esta manifestação serviu de uma vez por todas para mostrar o "cartão vermelho" aos políticos, e dizer-lhes de uma forma clara que estamos fartos deles, das suas trapalhices, das suas incompetências e da falta de responsabilidade do po…

Equidade onde estás?

Imagem
Lê-se na Wikipédia..... "Equidade consiste na adaptação da regra existente à situação concreta, observando-se os critérios de justiça e igualdade. Pode-se dizer, então, que a equidade adapta a regra a um caso específico, a fim de deixá-la mais justa. Ela é uma forma de se aplicar o direito, mas sendo o mais próximo possível do justo para as duas partes". Transpondo então o termo para a área dos sacrifícios a que alguns Portugueses estão a ser sujeitos todos os dias, a mesma não está nem de longe nem de perto a ser aplicada em Portugal. Se juntarmos ao conceito de equidade um dos princípios básicos da social-democracia que diz mais ou menos isto : "A Social-Democracia aposta numa politica centrada em reformas sociais caracterizadas por uma grande preocupação com as pessoas mais carentes e desprotegidas e uma distribuição mais equitativa da riqueza gerada." Pelos vistos as pessoas esquecem-se com facilidade do que apregoam e o que defendem....para mim, esta foi a gota …

A Formiga...

Imagem
Recebi hoje este mail que não resisti em coloca-lo neste blogue, muito bom mesmo, é um fiel retrato da realidade em que vivemos, aqui fica então....
Há muito tempo que não via um email tão inteligente !! Isto é o espelho do mundo do trabalho português, e no fim quem se lixa sempre é a formiga. Como funciona.. 'Todos os dias, uma formiga chegava cedinho ao escritório
 e pegava a sério no trabalho


A formiga era produtiva e feliz.

O gerente besouro   estranhou a formiga trabalhar sem supervisão.




Se ela era produtiva sem supervisão, seria ainda mais se fosse supervisionada.

E colocou uma barata, que preparava belíssimos relatórios e tinha muita experiência, como supervisora.


A primeira preocupação da barata foi a de padronizar o horário de entrada e saída da formiga.


Pouco depois, a barata precisou de uma secretária para ajudar a preparar os relatórios e contratou também uma aranha para organizar os arquivos e controlar as ligações telefónicas.
O besouro ficou encantado com os relatórios da barat…

A CIGARRA E A FORMIGA (Versões alemã e portuguesa)

Imagem
Recebi por mail esta "nova versão" da historia da Cigarra e da Formiga, está de tal forma bem escrita que não resisto em publicar neste blog. No entanto, e porque desconheço o autor, apenas posso referir que a dita historia se encontra em vários perfis de Facebook, e caso encontre o verdadeiro autor terei todo o gosto e o mencionar.

Versão alemã

A formiga trabalha durante todo o Verão debaixo de Sol. Constrói a sua casa e enche-a de provisões para o inverno. A cigarra acha que a formiga é burra, ri, vai para a praia, bebe umas bejecas,  vai ao Rock in Rio e deixa o tempo passar. Quando chega o Inverno a formiga está quentinha e bem alimentada. A cigarra está cheia de frio, não tem casa nem comida e morre de fome.  Fim

Versão portuguesa
A formiga trabalha durante todo o Verão debaixo de Sol. Constrói a sua casa e enche-a de provisões para o Inverno. A cigarra acha que a formiga é burra, ri, vai para a praia, bebe umas bejecas,  vai ao Rock in Rio e deixa o tempo passar. Quando chega …

Adopção por pessoas do mesmo sexo

Imagem
Assistimos nos últimos dias a mais uma tentativa de através das leis comparar o que não è comparável, igualar o que não pode ser igualável, tornar normal o que não é nem nunca será normal na nossa sociedade. Falo da tentativa de permissão das pessoas do mesmo sexo que vivem juntas, adoptarem crianças. Já não chegava, e segundo a lei poderem até intitular-se de "casal" e invocar a sua relação como sendo um "casamento", o que no meu entender e até que surjam muitas alterações nos dicionários, na legislação, nas religiões, etc nunca o serão, agora mais a adopção. Segundo o Dicionário da Língua Portuguesa:
"casal nome masculino 1. conjunto de macho e fêmea 2. conjunto de duas pessoas de sexo diferente 3. conjunto de duas pessoas casadas ou que mantêm uma relação amorosa ou íntima, vivendo ou não juntas 4. par, parelha 5. pequeno povoado; lugarejo 6. propriedade rústica 7. conjunto de propriedades aforadas e descritas numa escritura de emprazamento;" Quero deixar bem …

Não há empresa que resista..

Imagem
Neste meu primeiro post de 2012 decidi escrever não sobre a situação económica e financeira do país, mas sobre dois assuntos em particular que muito contribuem para a mesma crise, pouca gente fala sobre eles, e se calhar muito poucos têm real consciência das consequências nefastas que estas duas situações têm na economia nacional e em particular para algumas empresas nacionais, falo das "INSOLVÊNCIAS" e das chamadas "GESTÕES DANOSAS". Quem ainda não ouviu falar em insolvências ou gestões danosas?   È o chamado "pão nosso de cada dia" , mas senti-lo na pele podem crer que é complicado e custa bastante.  Mas custa muito mais quando se tem noção que empresas com fortes possibilidades de singrar na crise, se vêm destruídas por enormes rombos financeiros causados por clientes decretados "insolventes",  que com bons advogados e outros subterfúgios, continuam a pavonear-se na sociedade como que nada tivesse acontecido e sem que sejam punidos ou castig…